As lições de Obama

Em sua segunda visita ao Brasil após deixar a Casa Branca, Barack Obama foi a atração de um dos maiores eventos de negócios, inovação e tecnologia da América Latina, o VTEX Day. A palestra do ex-presidente norte-americano foi uma das mais prestigiadas do encontro.

Em sua palestra Obama contou que ao encerrar seu segundo governo, em 2017, ele se questionou quanto ao futuro de sua carreira, uma vez que o posto que havia ocupado era considerado o auge de uma trajetória política. Foi dessa reflexão que surgiu a missão de dedicar-se à formação de jovens líderes em todo o mundo. Essa formação, segundo Obama, inclui o incentivo à educação, pois só ela vai permitir que o jovem analise criticamente o mundo ao seu redor.

Das experiências vividas no Salão Oval, Obama selecionou algumas que ele acredita servirem aos jovens líderes e empresários.

Diversidade nas equipes

O ex-presidente americano destacou que a inteligência artificial permite que as máquinas possam aprender a executar as mais diversas tarefas. Entretanto, elas nunca vão conseguir substituir duas características de um bom líder: o pensamento criativo e o trabalho em equipe.

Ele também apontou a diversidade entre os participantes de uma equipe como fundamental: “Nos negócios, você precisa ter gente que traga perspectivas e experiências diferentes. Eu sabia que estava fazendo algo certo quando tinha alguém discordando de mim. É importante ter mulheres à mesa, pessoas com histórias diferentes, raças diferentes. Todos temos pontos cegos.”

Saiba fazer as perguntas

Obama chamou a atenção para a importância de não se ter medo de trabalhar com pessoas mais inteligentes e/ou capacitadas que ele.

“Muitos acham que um bom líder tem as respostas. Eu acho que ele tem boas perguntas.”

Além disso, segundo o ex-presidente, não cabe a ele ser um especialista em tudo. Deve, sim, ser capaz de aproveitar o melhor de sua equipe e, com esses pareceres, tomar suas decisões.

Ele narrou um episódio no qual sua equipe lhe contou que haviam localizado Osama bin Laden – líder do grupo terrorista Al-Qaeda -, mas que não havia certeza de que a localização era correta. Obama diz que confiava no processo que havia criado para tomar decisões com base nas informações e cenários apresentados por seu time. E isso fortaleceu a sua tomada de decisão.

Um mundo de inspirações

“Ideias não são limitadas pela geografia. Elas viajam mais rápido que as pessoas.”

Obama aconselhou que observar as melhores experiências ao redor do globo é essencial para a evolução do negócio que o indivíduo comanda. Ele contou ter visto, na China, empresas fundadas por empresários que se inspiraram no Vale do Silício, e que são mais inovadoras que as norte-americanas, porque possuem um ecossistema de desenvolvimento, um aporte financeiro para a criação de start-ups e investimentos em educação.

Você não está numa bolha

“Não quero destruir a inovação, a criatividade e a liberdade que vêm com o mercado”, disse Obama antes de lembrar que não vivemos isolados.

O ex-presidente salientou que de nada adianta desenvolvermos a tecnologia se estamos em um mundo no qual a poluição nos impede de viver ao ar livre. “Nós precisamos crescer e ter sustentabilidade. Não adianta ter uma realidade virtual perfeita e a realidade verdadeira estar devastada”. Para ele, os empresários devem se preocupar para além dos seus negócios e investir na formação de uma sociedade consciente e na preservação dos recursos naturais. Esse pensamento deve ser considerado um investimento e não um gasto.

Sem medo de fracassar

“Uma coisa que se diz quando você é bem-sucedido é que você teve sorte, mas é importante lembrar que poucas pessoas conseguem as coisas sozinhas. Mas há um ditado americano que diz: quanto mais você trabalha, mais sorte tem.”

O sucesso, para Obama, está diretamente ligado à dedicação ao trabalho e é proporcional aos riscos que se decide correr. “Digo para os jovens que é bom testar, mesmo sem sucesso. As cicatrizes são lições. É normal ter medo de falhar, diz, mas ele encoraja as pessoas a tentarem fazer aquilo que nunca foi feito. Se não der certo, te preparará para a próxima etapa da jornada.”