Na 10ª edição do Painel do Instituto Sucessor Magda Ehlers fala sobre a base para o propósito

A descoberta do porquê 

Em sua palestra no 10º Painel de Famílias Empresárias, a fundadora do Instituto Sucessor e consultora de famílias empresárias, Magda Geyer Ehlers, conectou-se com a emoção dos convidados. Sua fala sensível e acolhedora, permeada por exemplos pessoais e de histórias que a inspiraram, concentrou reflexões sobre o tema do evento deste ano, Propósito de Família: a base para a transformação.

A abordagem trouxe como ponto de partida a mudança dos conceitos de família e de empresa, que não se inserem mais em uma linearidade, e as multipossibilidades oferecidas às novas gerações, que muitas vezes afetam a sucessão e a continuidade nos negócios familiares. Diante de tantas incertezas, é preciso perguntar: por que estamos aqui e o que queremos? Qual o sentido de seguirmos juntos nessa caminhada?

Para responder a tais questões, Magda afirma que o percurso é o de retomar as origens familiares. Aspectos ligados à educação, aos sonhos e aos rituais compõem um mosaico de sensações que nos unem ao início da nossa história. São um conjunto de hábitos, necessidades e valores que formam a cultura familiar e moldam a maneira de se estar no mundo e de se exercer uma atividade profissional.

Essa busca pela essência, que aproxima as pessoas do propósito compartilhado entre os integrantes das diferentes gerações, é um movimento de autoconhecimento. Estimula uma conexão com o real significado de uma empresa, de uma missão, de uma obra, de um sonho. Constitui a base para a compreensão do papel de cada um na continuidade da família e das suas realizações.

Inspirada por suas leituras e pesquisas sobre o tema, Magda define propósito como “vencer a si próprio”. Para isso, é necessário ter coragem para fazer escolhas, conhecer quem realmente somos e entender as transformações à nossa volta. Afinal, quem não encontra o porquê, fica com o quê. E este é efêmero, superficial e se deteriora. O quê não vale o porquê, pois este é muito maior.

 

Conselhos de pai
Nos exemplos citados na palestra, Magda fez mais de uma referência ao seu pai. Compartilhou com os convidados alguns de seus ensinamentos, entre eles, o de que para uma pessoa ter êxito na vida, ela deve saber vender, gastar menos do que ganha, fazer conta de cabeça e não cumprimentar com o chapéu dos outros.

Contou que os três primeiros conselhos foram compreendidos por ela de imediato. O último, no entanto, foi assimilado somente com o passar do tempo: é fundamental saber quem somos e dar conta do que faz sentido para nós, sem nos apropriarmos do sonho dos outros.

Magda também citou o livro escrito pela modelo Gisele Bündchen, Aprendizados, no qual ela divide reflexões sobre a sua trajetória. Ao longo de uma carreira de enorme sucesso, Gisele sempre teve o pai como um mestre, seguindo uma de suas principais orientações: ao final da vida, não é a fama ou o dinheiro que vão importar, mas a qualidade dos relacionamentos.