Mindset Empreendedor: é possível mensurá-lo

Nos últimos anos, o empreendedorismo tem sido bastante estudado. São diversos os livros e os treinamentos que oferecem dicas sobre como empreender, como desenvolver-se num negócio.

Entre os pesquisadores, sempre houve uma busca por traços de personalidade, comportamentos, atitudes e motivações que ajudassem a estabelecer um padrão comum aos empreendedores que atingem determinado status na escala de sucesso empresarial. Foi para mensurar essas características que os estudiosos do Instituto de Desenvolvimento da Liderança da Eckerd College, da Florida (EUA), iniciaram um estudo, anos atrás, denominado Entrepreneurial Mindset Profile (EMP), em português, o Perfil da Mentalidade Empreendedora.

A busca dos estudiosos identificou que existe, sim, uma mentalidade empreendedora formada por características de personalidade e de habilidades, comuns às centenas de pessoas entrevistadas na pesquisa. A partir da identificação de cada uma delas, foi possível desenvolver uma ferramenta de avaliação que examina essas habilidades e capacidades e as define em 14 itens, os quais são categorizados em dois grupos: Personalidade e Habilidades.

Escala de Personalidade:

  • Desejo de trabalhar com alto grau de independência;
  • Preferência por estrutura limitada, por tarefas e com pouca estrutura formal;
  • Não conformidade: referência por agir de maneira única ou em ser percebido como único;
  • Aceitação de Risco: perseguir uma ideia ou objetivo mesmo quando a probabilidade de sucesso é baixa;
  • Orientação para a ação: tendência a mostrar iniciativa, tomar decisões rapidamente e sentir-se impaciente por resultados;
  • Paixão: tendência de experimentar o trabalho como excitante e agradável, em vez de tedioso e desgastante;
  • Necessidade de alcançar: o desejo de atingir o alto nível.

Escalas de Habilidades:

  • Foco no futuro: capacidade de pensar além da situação imediata e planejar o que está por vir;
  • Geração de ideias: aptidão em gerar ideias múltiplas e novas e de encontrar várias abordagens para alcançar objetivos;
  • Execução: habilidade de transformar ideias em planos acionáveis e implementá-las bem;
  • Autoconfiança: crença geral na capacidade de alavancar habilidades e talentos para alcançar objetivos importantes;
  • Otimismo: aptidão em manter uma atitude geralmente positiva sobre vários aspectos da vida e do mundo;
  • Persistência: capacidade de se recuperar rapidamente da decepção e de permanecer persistente diante dos contratempos;
  • Sensibilidade interpessoal: alto nível de sensibilidade e preocupação com o bem-estar daqueles com quem trabalha.

Assim, o EMP (Perfil da Mentalidade Empreendedora) ajuda líderes corporativos, estudantes e empreendedores a avaliar o grau no qual cada um deles está utilizando o seu mindset empreendedor e fornece recursos para desenvolver essas características a ponto de poderem representar uma vantagem competitiva no mundo dos negócios.

Os pesquisadores também concluíram que essa mentalidade empreendedora não é exclusiva daqueles que iniciaram seus negócios. Ela está presente também entre os que ainda não empreenderam, como os funcionários de uma corporação. Esses colaboradores recebem o nome de intrapreneurs e são cada vez mais buscados pelas empresas, pois tem as capacidades necessárias para inovar e desenvolver novos negócios internamente.

Quer saber mais? O Instituto Sucessor possui parceria com consultorias que representam o EMP no Brasil. Contate-nos.

No site do EMP é possível encontrar cases de sucesso em que a análise foi aplicada a grupos e indivíduos e como eles auxiliaram no desenvolvimento desses líderes.

Para saber mais: https://www.emindsetprofile.com/