Um outro olhar sobre as organizações

O diálogo entre os diversos saberes adquiridos ao longo da vida e os conhecimentos do campo profissional contribui para a formação personalizada de cada indivíduo. Valorizar e incentivar as múltiplas habilidades e aprendizagens é uma marca do Instituto Sucessor. E questionar-se sobre as novas competências, tecnologias e situações é uma forma de diagnosticar quais dessas habilidades podem ser aprimoradas.

“A multidisciplinaridade é quase uma forma de ser, refletindo a dinâmica dos dias atuais, em que a pluralidade é parte do cotidiano”, analisa a psicóloga Eliza Ferronato, consultora parceira do Instituto Sucessor.

Desde o início de março, Eliza tem vivenciado essa experiência por meio de uma capacitação em constelações sistêmicas estruturais. Essa formação soma-se aos conhecimentos de gestão de pessoas, recursos humanos, análise quântica, entre outros, adquiridos ao longo de sua experiência profissional.

As constelações sistêmicas têm grande aplicabilidade nas organizações, conta Eliza. A abordagem é especialmente útil na tomada de decisões, por respeitar as singularidades, considerar as relações e comportamentos dos indivíduos no contexto no qual estão inseridos e fornecer informações sobre os cenários e impactos de cada uma das opções disponíveis. A metodologia ainda é focada em soluções: o que é possível ser feito e quais os recursos acessíveis.

“Focar nos pontos fortes e desenvolver as potencialidades de cada um é essencial em uma visão sistêmica, seja de uma organização ou de uma família. Partindo do ponto que não teremos todas as habilidades, podemos buscar no outro essa complementaridade. Assim, ao deixar de se observar isoladamente, é possível avaliar todo o sistema, no qual estão inseridos indivíduos com potencialidades e forças que se completam”, comenta Eliza.

Considerar o contexto e a complementaridade de competências é parte dessa abordagem. Por isso, torna-se uma nova ferramenta à disposição de organizações que buscam ser mais abertas e plurais.

 

Eliza Ferronato, Consultora parceira do Instituto Sucessor